sexta-feira, 15 de abril de 2011

Sacra Est Musica



Sacrilégio será a palavra mais apropriada para deifnir o que vem sendo feito atualmente e errôneamente chamado de música.
Aliás, atualmente não, pois já é de longa data que os pseudo-músicos vem deturpando a Música.
A desculpa mais utilizada é que se trata de cultura popular.
Se isso é cultura acho que eu estou no mundo errado ou talvez tudo o que eu sei é um tremendo equívoco...
E o pior não é o barulho e as asneiras proferidas por tais boçais, o pior é que existe mercado para esse lixo todo, e não falo de minorias, essa é a pior parte.
O Brasil é um país riquíssimo em termos de cultura, porém pouqíssimas pessoas se dão conta disso, enquanto que a maioria está ouvindo funk e retorcendo-se de formas grotescas numa tentativa de seduzir.
Talvez essas pessoas busquem essse caminho por não possuírem capacidade para entender e apreciar coisas mais complexas, sendo assim preferem uma batida repetitiva e com uma letra de uma frase repetida exaustivamente.
Falta de criatividade? Em certos casos sim, mas na grande maioria não.
E o que esperar de um país que infelizmete cultua tal absurdo como manifestação cultural? Isso na verdade se trata de uma ofensa ao intelecto.
Pode parecer utopia mas pense bem, começando por aí, cultura musical, acreditem ou não seria um grande passo para o povo brasileiro evoluir de neandhertalis para homo sapiens, e não somente fisicamente, mas intelectualmente.
De repente seríamos forçados a pensar! Depois de tanto tempo condicionados nos moldes americanos de "faça o que nós queremos que você faça e acredite que é livre" nós utilizaríamos nossa capacidade reprimida de questionar...
E não se tratando apenas de música, mas em todo lugar as pessoas simplesmente se submetem a qualquer coisa sem questionar...Por exemplo no mercado de trabalho, está mudando devagar, mas ainda é possível observar absurdos...As pessoas recebem ordens e nem procuram saber por quê devem fazer aquilo! Simplesmente fazem.
A música a mesma coisa! Maldita alienação! Maldita massificação!
Me parece que o pensamento geral é: Se aquele grupo está ouvindo isso eu também devo ouvir, Por quê? Não faço idéia, mas devo.
Claro que nenhum governo ou pessoa de poder em geral revela esse segredo de estado, mas aí vai: Existe uma coisa muito mágica chamada INDIVIDUALIDADE que pode mudar a sua vida!
Você não precisa ser igual a ningúem para ser aceito! Se não te aceitam como você é, é porquê você não cabe nesse grupo e nem vale a pena, pois o que vale a pena é ser você mesmo!
A medíocridade impera mas qualquer um é capaz de evoluir e demonstrar o quão atrasados estão os boçais que acreditam que para se destacar tem de ser igual a todo mundo.
E nem é questão de se destacar, infelizmente nessa merda de mundo as pessoas se destacam pelo que parecem ser e não pelo que são de fato ou do que são capazes!
Então você não precisa ouvir funk porquê todo mundo ouve!


E pra finalizar, uma analogia...Pra que todo entendam de uma forma geral como eu me sinto quando vejo a música, uma coisa extremamente pura e poderosa sendo depravada sem escrúpulos pela ignorância induzida: Imaginem uma coisa pura, grande, absoluta...Para a maioria das pessoas essa coisa é deus, certo? Agora imaginem deus sendo afogado numa poça de bosta, vômito e animais em decomposição enquanto acontecem diversas orgias e festas comemorando o fato... Agora coloquem a Música no lugar de deus e o funk, pagode, axé, etc. no lugar da merda e do vômito e dos animais em putrefação...Imaginem agora que as pessoas que participam das orgias e das comemorações sejam todas aquelas pessoas que ficam se esfregando enquanto tocam essas porcarias...


Entendeu?


Veritatis simplex oratio
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário